• -A
  • +A
  • Favoritos
  • Imprimir
  • E-mail

MMX tem prejuízo de R$ 792 milhões

A MMX, braço de mineração do grupo controlado pelo empresário Eike Batista, registrou prejuízo líquido de R$ 792,4 milhões em 2012, um imenso salto de 4.016% em relação às perdas de 2011 (R$ 19,2 milhões). No quarto trimestre, o prejuízo foi de R$ 348,7 milhões, ante lucro líquido de R$ 69,2 milhões em igual período do ano passado. Queda no preço do minério de ferro no mercado internacional e produção menor foram determinantes para o resultado ruim.

“O forte recuo nos preços do minério de ferro afetou desfavoravelmente o desempenho financeiro no quarto trimestre. Acrescido a isso, houve pontualmente menor volume de produção em dezembro, em função da desmobilização da planta de britagem semimóvel do Sistema Sudeste. Tais fatores contribuíram para que os indicadores recuassem se comparados com 2011”, disse a MMX em nota.

Fonte: O Globo
Sobre a Decafer (www.decafer.com.br): há 26 anos no mercado, a Decafer é uma empresa de decapagem química com sede em São Paulo capital e planta industrial moldada para atender ao setor metalúrgico de todo o país. Guiada por altos padrões de qualidade e tecnologia, a Decafer desenvolveu métodos únicos no Brasil para a decapagem de tubulações e atuação especializada em decapagem de chapas e aço em geral.
  • Voltar