• -A
  • +A
  • Favoritos
  • Imprimir
  • E-mail

Especialistas preveem dificuldades para setor siderúrgico

excesso de capacidade ociosa e a crescente importação de aço chinês por países latino-americanos trarão nuvens negras ao setor siderúrgico da região em curto e médio prazo, pelo menos na opinião de alguns especialistas reunidos no 24º Congresso Brasileiro do Aço que começou nesta quarta-feira no Rio de Janeiro.

“O excesso de produção no mundo está levando a região a importar cada vez mais produtos siderúrgicos, principalmente da China, e em muitos casos subsidiados, o que provoca desindustrialização e desemprego no setor na América Latina”, alertou o presidente do grupo siderúrgico argentino Ternium, Daniel Novegil.

O presidente da empresa de consultoria Reserch & Consultin Group AG, Joaquim Schröder, que também participa do congresso, considerou que foi “uma decisão inteligente” a das siderúrgicas da América Latina de adiar seus planos de investimento “até encontrar um momento mais oportuno”.

 

 

Fonte: EXAME.com
Sobre a Decafer (www.decafer.com.br): há 26 anos no mercado, a Decafer é uma empresa de decapagem química com sede em São Paulo capital e planta industrial moldada para atender ao setor metalúrgico de todo o país. Guiada por altos padrões de qualidade e tecnologia, a Decafer desenvolveu métodos únicos no Brasil para a decapagem de tubulações e atuação especializada em decapagem de chapas e aço em geral.
  • Voltar